Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

O poder de uma técnica vivencial em treinamentos

Quem nunca participou de uma técnica vivencial em grupo e demonstrou algum sinal de desconforto ou até mesmo de resistência? Fique tranquilo, pois você não está sozinho. É normal que isso aconteça por diversos aspectos, como por exemplo: → a falta de alinhamento da técnica aplicada com os objetivos do treinamento/curso; → o facilitador não conhece seu público alvo; → desinteresse do espectador pela atividade ou até mesmo pelo treinamento/curso; → falta de preparação e construção de uma atmosfera propícia a aplicação da técnica; → não deixar claro aos participantes a metodologia adotada e até mesmo não elaborar um "contrato" para que todos se façam presentes de CORPO e ALMA, além do engajamento durante a aplicação da técnica, entre outros motivos que poderia citar aqui. Lembro muito bem um caso que aconteceu comigo quando ministrava aulas em uma faculdade de tecnologia em Florianópolis/SC. A disciplina se chamava "Relações Interpessoais" e tinha como principal obje…

Últimas postagens

Conectando o inconectável

É possível prever o futuro?

Como desenvolver uma Equipe de Alta Performance (EAP)?

O que o voo dos gansos tem a nos ensinar sobre trabalho em equipe?

APLICAÇÃO DE TÉCNICAS VIVENCIAIS EM AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM (AVA): DRÁCULA SAIU DO TÚMULO

Aplicação da Trilha do Conhecimento no Curso EaD

Vantagens da implementação de um Guia do Aluno em Cursos de Pós-Graduação a Distância

Líder x Gerente: uma reflexão!

Viver em Grupo é Difícil?

Bibliografias Cooperação